APCP alerta: Cuidados Paliativos não são cuidados de fim de vida

hospice-1793998_1920

A Associação Portuguesa de Cuidados Paliativos (APCP) lança a Campanha de Sensibilização “Vamos continuar a escrever esta história”. Esta iniciativa tem como objetivo informar e consciencializar para a importância destes cuidados no reforço e garantia da dignidade humana durante o processo de doença.

Cartaz 1 - Cuidados Paliativos (002)No âmbito do Mês dos Cuidados Paliativos, que se comemora em outubro, a APCP irá lançar uma campanha com o mote “Vamos continuar a escrever esta história” que versa sobre a desmistificação dos cuidados paliativos e dos cuidados paliativos pediátricos como cuidados de fim de vida.

“A campanha pretende elucidar sobre o verdadeiro sentido dos cuidados paliativos na prevenção e alívio do sofrimento, promovendo a melhor qualidade de vida possível para a pessoa e criança doente e sua família, e ainda reconhecer a importância dos cuidadores no processo de doença crónica, complexa e limitante.É errado pensarmos que estes cuidados só deverão ser aplicados na fase terminal de um doente. Os cuidados paliativos devem ser parte integrante no processo de cura e tratamento de uma doença, desde o seu diagnóstico.Estes cuidados asseguram, para além do cuidado em saúde, estabilidade familiar, social e espiritual. Quando admitimos a necessidade de cuidados paliativos não estamos a desistir da pessoa nem do processo de cura, mas estamos a minimizar o sofrimento, a vários níveis, provocados pela doença”, explica Duarte Soares, Presidente da APCP.

A propósito desta Campanha serão realizadas várias iniciativas, entre as quais o IX Congresso Nacional de Cuidados Paliativos, a realizar entre 25 e 27 de Outubro na Fundação Dr. António Cupertino de Miranda, no Porto; um peditório público a decorrer nas Farmácias Holon (de 15 de outubro a 30 de novembro); e a venda de uma mascote, o porta-chaves Palis, por 5 euros, em vários pontos do país, nomeadamente em 124 Farmácias Holon e no Centro Comercial Dolce Vita, em Lisboa, no Espaço Solidário, entre os dias 4 e 7 de outubro, e ainda via online através do site institucional da APCP.

As ações propostas para esta Campanha estão de acordo com o lema internacional “BECAUSE I MATTER”, ou seja, têm como principal objetivo colocar a pessoa doente no centro do cuidado.  O valor angariado com o peditório público e com a venda da mascote tem como finalidade a realização de outras ações de sensibilização, de âmbito nacional, e de formações dirigidas a profissionais de saúde”, conclui o Presidente da APCP.

Durante o mês de outubro será ainda transmitido o spot institucional congruente a esta campanha denominado “Se alguém se preocupa, somos nós”, no Metro do Porto, na SIC e nos Cinemas NOS, para reforçar a mensagem de que os cuidados paliativos são um direito humano e um dever do Sistema Nacional de Saúde.

logobranco

MORADA:

Rua Hermínia Silva nº 8 LJ A, Jardim da Amoreira
2620-535 Ramada

geral@raiox.pt