José Soares: “Perdi 28 kg num ano e recuperei a minha energia”

IMG_0538 (2)

Praticou desporto durante toda a infância e adolescência, no entanto, a partir dos 20 anos interrompeu a atividade física e, desde então, foi ganhando peso e perdendo a resistência. José Soares tem hoje 56 anos, é casado, tem dois filhos e decidiu, há um ano, mudar o seu estilo de vida porque sentia “uma enorme quebra de energia”. Diogo Joshua, técnico de exercício físico do O2 Life Center, que acompanhou todo este processo, recorda que o peso inicial do José era de 117kg e o perímetro abdominal de 120 cm, com 29% de massa muscular. Um ano depois “pesa 90kg, tem perímetro abdominal de 95 cm e 36.5% de massa muscular”

Administrador de uma empresa, José Soares tem uma vida profissional “bastante exigente” e sentia que o excesso de peso e a baixa condição física começavam a afetar não só a sua vida pessoal, mas também a sua atividade profissional. Começou a fazer caminhadas diárias, mas percebeu que tal não era suficiente para alcançar o objetivo que tinha em mente.

Por recomendação da sua esposa e de alguns amigos, inscreveu-se no O2 Life Center e iniciou um plano de treino duas vezes por semana, sob a orientação de Diogo Joshua. “Perdi 28 kg, fiquei sem roupa que me servisse e fui obrigado a renovar todo o guarda-roupa”, afirma José Soares. A par da perda de peso, que era o principal objetivo, “ganhei massa muscular, sinto muito mais energia e uma resistência ao esforço e ao exercício muito maior”, relata.

“Perdi 28 kg, fiquei sem roupa que me servisse e fui obrigado a renovar todo o guarda-roupa”

Em apenas um ano, mudou tudo, a começar pelo número da roupa que usa. “Mesmo a nível profissional, sinto uma grande diferença. Tenho uma atividade muito stressante, que implica muitas horas de trabalho e este plano de exercícios deu-me mais energia para o dia-a-dia”, sublinha.

Para além da alteração da sua imagem, José Soares viu esta redução de peso traduzir-se numa melhoria dos seus indicadores de saúde. “As minhas análises estão ótimas. Tomava medicação para a pressão arterial, mas o meu cardiologista diz que está na hora de reduzir as doses porque não se justifica um tratamento tão intensivo”, explica.

O programa de treino foi acompanhado por um conjunto de medidas nutricionais “que não sigo de forma muito rigorosa”, mas que são o suficiente para ter melhorado a qualidade da sua alimentação. “Fiz acompanhamento nutricional, aprendi a cortar alguns alimentos e a reforçar outros”, afirma.

IMG_0557 (4)

 

“Só uma mente focada consegue atingir os objetivos a que se propõe”

Licenciado em Ciências do Desporto, com especialização em treino desportivo, Diogo Joshua é um dos profissionais do O2 Life Center, cujo objetivo passa pela “promoção da saúde e do bem-estar, focando-nos na complementaridade entre as diferentes áreas ligadas à saúde (nutrição, osteopatia, psicologia, entre outros)”, descreve.

“O José Soares veio ao nosso encontro com objetivo de perder peso e ganhar saúde, mudando o seu estilo de vida. O seu peso inicial era de 117kg, tinha um perímetro abdominal de 120 cm e 29% massa muscular. Um ano depois, o José pesa 90kg, tem um perímetro abdominal de 95 cm e 36.5% de massa muscular”, descreve o técnico de exercício físico, acrescentando que “estes resultados são fruto de uma metodologia de treino, bem como da resiliência e da determinação do José”.

Numa primeira fase o treino consistiu na aprendizagem de movimentos padrão, tais como empurrar, puxar, atirar, agachar e lunges (passo para a frente ou para os lados). “De seguida utilizei os mesmos exercícios, mas em forma de circuito com diferentes tempos de descanso entre exercícios”. Com o tempo e já com alguma pratica de treino foi introduzido o treino de força com objetivo de aumentar a massa muscular “que é um preditor da longevidade do ser humano”. Para além dos treinos acompanhados, o José mudou o seu estilo de vida fazendo caminhadas todos os dias e mudando hábitos no trabalho, como por exemplo, subir escadas em vez de utilizar o elevador.

Segundo Diogo Joshua, os resultados obtidos ao longo de um ano são, sobretudo, “mérito do José, cuja determinação, empenho e foco nos objetivos levaram a que, em pouco tempo, mudasse radicalmente o seu estilo de vida, sentido cada vez mais a necessidade de treinar e de se manter ativo”. Um profissional do exercício “não consegue atingir os resultados do aluno por si só. São precisos dois para dançar o tango e, como tal, só uma mente focada consegue atingir os objetivos a que se propõe”, conclui Diogo Joshua.

 

logobranco

MORADA:

Rua Hermínia Silva nº 8 LJ A, Jardim da Amoreira
2620-535 Ramada

geral@raiox.pt