FEPODABES comemora o Dia Nacional do Dador de Sangue e apela à dádiva

No dia 27 de março comemora-se o Dia Nacional do Dador de Sangue e, simultaneamente, o 37º aniversário da Federação Portuguesa de Dadores Benévolos de Sangue (FEPODABES), uma entidade que representa atualmente 65 associações de dadores de sangue em todo o país. Neste dia, a FEPODABES vai juntar-se ao Instituto Português do Sangue e da Transplantação (IPST) numa cerimónia comemorativa do altruísmo da dádiva de sangue, que tem como objetivo agradecer a todos os dadores de sangue as dádivas feitas ao longo do ano e enaltecer o seu trabalho e dedicação.

“Numa altura em que precisamos urgentemente de mais dádivas de sangue, é muito importante homenagear aqueles que contribuem para que seja possível salvar mais vidas. O ato de dar sangue não deve ser visto como uma obrigação, mas sim um ato de grande altruísmo que merece ser festejado”, revela Alberto Mota, presidente da FEPODABES.

O dirigente relembra ainda que este ano a comemoração tem um simbolismo especial porque “pela primeira vez, temos medicamentos derivados de plasma colhido em Portugal, o que significa que já se conseguiu cumprir uma das medidas estratégicas do IPST para o máximo aproveitamento das dádivas benévolas de sangue. Como federação portuguesa de dadores benévolos de sangue, queremos um movimento unido em torno da autossuficiência do sangue que consiga dar uma resposta positiva nos momentos mais difíceis”, reforça.

A FEPODABES lançou recentemente uma campanha com vista à angariação de mais dádivas sangue na zona da Grande Lisboa. Apesar de existirem 210 904 dadores de sangue registados em Portugal, apenas 185 080 são considerados dadores regulares, uma tendência que tem vindo a decrescer nos últimos anos.


MORADA:

Rua Hermínia Silva nº 8 LJ A, Jardim da Amoreira
2620-535 Ramada

geral@raiox.pt