APED une-se à IASP e EFIC para desenvolver estratégias de prevenção da dor

A Associação Internacional para o Estudo da Dor (IASP) definiu o ano de 2020 como o “Ano Internacional da Prevenção da Dor”, movimento ao qual a European Pain Association (EFIC) e a Associação Portuguesa para o Estudo da Dor (APED) se unem no sentido de criar estratégias de prevenção da dor que envolvam profissionais de saúde, comunidade científica e doentes, com o objetivo de obter melhores resultados.

“O nosso propósito é divulgar estratégias de prevenção e disponibilizar ferramentas para evitar e controlar a dor, garantindo cuidados de saúde adequados. Só desta forma é possível diminuir o impacto da dor crónica na qualidade de vida dos indivíduos”, refere Ana Pedro, presidente da APED.

O grande objetivo deste Ano Internacional da Prevenção da Dor é promover uma comunicação mais eficaz entre doentes e clínicos. A especialista acrescenta que “esta tem sido a missão da APED ao longo dos anos, como forma de melhorar a qualidade de vida dos doentes”.

No âmbito do Ano Internacional da Prevenção da Dor, os temas prioritários da IASP são:
• A promoção da prevenção primária, secundária e terciária da dor;
• A promoção da atividade física para prevenção da dor;
• A promoção de uma comunicação mais eficaz entre o doente e o profissional de saúde para prevenção da dor;
• Nutrição e Dor Crónica;
• O uso de medicamentos para prevenção da dor;
• A prevenção da dor pós-cirúrgica crónica;
• A prevenção da dor nas costas relacionada com a coluna: a importância da intervenção desde tenra idade;
• A prevenção da dor em populações vulneráveis.


MORADA:

Rua Hermínia Silva nº 8 LJ A, Jardim da Amoreira
2620-535 Ramada

geral@raiox.pt