Campanha #LoveYourEyes apela à realização regular e preventiva de exames à visão

A Agência Internacional para a Prevenção da Cegueira (IAPB) assinala o Dia Mundial da Visão que se celebra a 14 de outubro, com o lançamento da campanha “Love Your Eyes” [Ame os seus Olhos] que visa alertar para a necessidade e importância dos cuidados para a saúde da visão.

A campanha adverte para a relevância dos cuidados para a saúde da visão como forma de prevenir e diagnosticar problemas oculares e visuais que podem ser facilmente evitados.

“O acompanhamento clínico atempado feito por um optometrista é determinante no sentido de identificar precocemente possíveis problemas de saúde da visão antes que evoluam para estados irreversíveis. Mais de 2 mil milhões de pessoas em todo o mundo sofrem de deficiência visual ou cegueira e pelo menos 1,1 mil milhões de pessoas vivem com deficiência visual e cegueira que poderia ter sido evitada se lhes fosse assegurado acesso aos cuidados necessários para condições como miopia, glaucoma e catarata” afirma Raúl de Sousa, presidente da Associação de Profissionais Licenciados de Optometria (APLO).

Direcionada a cidadãos, mas também a profissionais do setor da saúde da visão, a campanha para assinalar o Dia Mundial da Visão de 2021 apresenta um caráter mobilizador. Traz consigo um compromisso: mobilizar, pelo menos, mais de um milhão de pessoas a aceitarem realizar uma consulta à saúde da sua visão e aconselhar outros a fazê-lo, por forma a conhecer o estado da sua saúde da visão. “Faça uma promessa!”, impulsiona a iniciativa de cariz mundial.

Segundo Vera Carneiro, Eye Health Hero 2020 da Agência Internacional para a Prevenção da Cegueira, a partir das suas contribuições para uma recente investigação[1], “muitas causas de deficiência visual e cegueira podem ser evitadas ou tratadas. O crescimento exponencial da população e o aumento da esperança média de vida a nível mundial têm levado a um número crescente de pessoas com deficiência visual moderada ou grave”.

Esta tendência levou a OMS e a IAPB a criar uma iniciativa, em 1999, chamada VISION 2020: the Right to Sight, com o objetivo de combater a cegueira evitável. Vários estudos já vieram demonstrar que as cataratas e os erros refrativos não compensados foram responsáveis pela maioria das deficiências moderadas ou graves da visão, algo preocupante, uma vez que o número de casos continua a aumentar com o tempo, o que pode e deve ser evitado.

Ainda segundo Vera Carneiro, “em Portugal cerca de 20% das crianças e 50% da população adulta sofriam de erros refrativos, tais como a miopia, hipermetropia e astigmatismo, problemas de visão que são facilmente compensados”.

A campanha #Love Your Eyes apresenta-se, assim, como o mais recente alerta global de consciencialização da população para que os cuidados primários de saúde da visão sejam valorizados e reconhecidos como uma prioridade, por todos.

“Os nossos olhos podem dizer muito sobre a nossa saúde em geral”, frisa a Agência Internacional para a Prevenção da Cegueira (IAPB).

[1] Causes of blindness and vision impairment in 2020 and trends over 30 years: evaluating the prevalence of avoidable blindness in relation to “VISION 2020: the Right to Sight”


MORADA:

Rua Hermínia Silva nº 8 LJ A, Jardim da Amoreira
2620-535 Ramada

geral@raiox.pt