58% dos Portugueses desconhecem os seus níveis de colesterol

wrfwrf

A Fundação Portuguesa de Cardiologia (FPC) apresentou hoje, dia 18 de abril, no Palácio Foz, em Lisboa, as conclusões do estudo “Os Portugueses e o Colesterol” no âmbito da Sessão Solene de abertura do mês do coração (maio). O estudo realizado pela GfK Metris, em março de 2018, a uma amostra de 1000 indivíduos com idade igual ou superior a 18 anos, residentes em Portugal Continental, teve como principal conclusão que mais de metade (58%) dos inquiridos desconhecem os seus níveis de colesterol, uma percentagem muito significativa e alarmante.

A grande maioria (90%) dos jovens, com idades compreendidas entre os 15 e os 24 anos, declarou desconhecer o seu nível de colesterol, valor que desce para os 73% nos inquiridos entre os 25 e os 34 anos e para os 63% na população incluída na faixa etária entre os 35 e os 44 anos. Com o avanço da idade, o estudo indica que o nível de desconhecimento face ao seu valor de colesterol vai diminuindo: 48% (45-64 anos), 34% (55-64 anos) e 48% (65 e mais anos).

O estudo revelou ainda que 94% dos inquiridos, quase a totalidade, declina a ideia de que “a prática regular do exercício físico não traz vantagens para quem tem o colesterol elevado” e 90% a afirmação de que “os magros não têm que se preocupar com o colesterol”. Face a ideia de que alguns suplementos alimentares são mais benéficos na redução do colesterol quando comparados com as estatinas ou fármacos prescritos por receita médica, quase metade (47%) dos portugueses aceitaram e concordaram com este parecer.

Em comunicado emitido pela Fundação Portuguesa de Cardiologia, Manuel Carrageta, Presidente da FPC, demonstrou-se preocupado com os resultados demonstrados e afirmou que “compete aos profissionais de saúde sensibilizar a população para a importância de controlar o colesterol e desenvolver campanhas que expliquem o impacto dos níveis elevados de colesterol na saúde”.

Para além da apresentação dos resultados do estudo, a Sessão Solene de abertura, serviu ainda como primórdio das comemorações no âmbito da campanha do mês de maio, mês do coração, denominada “Colesterol, as Dislipidemias e Aterosclerose”. Neste sentido, foi ainda apresentado o programa de atividades que irão decorrer inerentes desta campanha.

Por Rita Rodrigues

logobranco

MORADA:

Rua Hermínia Silva nº 8 LJ A, Jardim da Amoreira
2620-535 Ramada

geral@raiox.pt