Aumento da adesão ao tratamento debatida em reunião da SPH

Sem Título-1

No próximo dia 30 de Junho realiza-se, na Faculdade Fernando Pessoa no Porto, a Reunião sobre Adesão ao Tratamento, uma iniciativa cuja organização ficou a cargo da Sociedade Portuguesa de Hipertensão (SPH). A reunião contará com a presença de vários peritos de renome nacional e internacional que, em conjunto, delinearão novas orientações com vista ao aumento da adesão ao tratamento por parte dos doentes de risco cardiovascular global.

O programa do evento contará com diversos temas da atualidade. Luís Martins, Diretor do Serviço de Cardiologia do Centro Hospitalar Entre Douro e Vouga EPE e Diretor da Faculdade das Ciências da Saúde da Universidade Fernando Pessoa apresentará o “Estado Atual em Portugal”, sendo que “em Portugal, apesar de quase 75% dos doentes estarem medicados, ainda só se atingiu 42% do controlo da hipertensão, facto que se deve sobretudo ao não cumprimento rigoroso da medicação” segundo o Diretor do Serviço de Cardiologia do CHEDV.

A reunião terá três sessões distintas: sessão I, sessão II e sessão III. Csaba Farsang da Hungria e Michel Burnier da Suiça, ficarão responsáveis pela sessão I, na qual, apresentarão os temas “O que é e como se avalia” e “Desafios Terapêuticos e Resultados”, respetivamente. A Sessão II conta com a participação de opinion leaders nacionais, como Jorge Félix que apresenta o tema “Que Custos e que Benefícios” e Eugénia Raimundo que falará sobre “Que Lugar para o Estímulo Motivacional”. “A visão do doente” e “Visão e estratégias políticas” são assuntos a debater na sessão III.

Para além das sessões incluídas no programa científico do evento, está também incluída a conferência “Qual o Estado da Arte no Mundo”, que será apresentada pelo presidente da Sociedade Internacional de Hipertensão, Neil Poulter do Reino Unido que está incluído no certame dos especialistas internacionais desta reunião.

O evento termina com a apresentação das conclusões dos vários opinion leaders que vão ditar quais as novas orientações para ampliar a adesão ao tratamento para a hipertensão. A apresentação “O que se pode dizer em 90 segundos” vai contar com a participação de Manuel de Carvalho Rodrigues, Luís Martins, Csaba Farsang, Michel Burnier, Jorge Félix e Neil Poulter.

Manuel Carvalho Rodrigues, presidente da SPH, afirma que “é fundamental sensibilizar todos os doentes que apresentem fatores de risco cardiovascular para a importância de cumprirem os tratamentos prescritos. A necessidade de adesão ao tratamento é dirigida sobretudo para quem tem necessidade de tratar simultaneamente vários fatores de risco”.

Por Rita Rodrigues

logobranco

MORADA:

Rua Hermínia Silva nº 8 LJ A, Jardim da Amoreira
2620-535 Ramada

geral@raiox.pt