8º Congresso de Pneumologia do Centro: não só para pneumologistas

Realizou-se na Figueira da Foz, nos dias 29 e 30 de junho o Congresso de Pneumologia do Centro (CPC). Presidido pela Dr.ª Manuela Lopes e pelo Prof. Doutor Carlos Robalo Cordeiro, esta é uma reunião que entusiasma os pneumologistas da zona centro, já que nela se tenta pensar os temas em consonância com o que a região precisa de debater.

O objetivo tem sido sempre incluir as novidades da especialidade, “sem esquecer as áreas da fibrose, das doenças intersticiais, a doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC), a asma, principalmente a asma grave” explica a Dr.ª Manuela Lopes. O encontro acontece anualmente após o Congresso da American Thoracic Society (ATS Conference), pelo que a Comissão Organizadora faz questão de discutir os mais recentes avanços apresentados nesta conferência internacional. Este ano, a sessão “ATS comes to Portugal” abordou as novidades na DPOC, na fibrose pulmonar idiopática e na asma, chamando reputados especialistas do panorama nacional a liderar o debate.

“Pretende-se também fazer um enquadramento com a Medicina Geral e Familiar (MGF), já que este congresso deve motivar e envolver também esses profissionais”, esclareceu a pneumologista sobre os temas escolhidos para este 8.º encontro, que tem crescido em número de participantes ao longo dos anos. Na opinião da especialista, “todos os médicos de MGF devem estar, passo a redundância, familiarizados com as doenças respiratórias, como sejam a DPOC e a asma, e terem exames ao seu alcance para poder determinar quais são os doentes a referenciar à Pneumologia”.

Mais do que atrair os médicos da especialidade, quis-se também incluir os médicos de Medicina Geral e Familiar, já que são muitas vezes o primeiro contacto com o doente.

Mais do que atrair os médicos da especialidade, quis-se também incluir esta classe de profissionais de saúde, já que são muitas vezes o primeiro contacto com o doente. Os hot topics selecionados para este ano, como o debate sobre a telesaúde e a rede de espirometria, que está prestes a ser implementada nas consultas nos centros de saúde, são exemplos da preocupação em aproximar a MGF e a especialidade.

Temas como a formação em Pneumologia e a perspetiva do interno em formação foram também debates enquadrados no programa científico, que reforçam a necessidade de repensar a organização e percurso da especialidade.

Para acompanhar todas as informações sobre o CPC, por favor visite: https://aer.pt/cpc.html


MORADA:

Rua Hermínia Silva nº 8 LJ A, Jardim da Amoreira
2620-535 Ramada

geral@raiox.pt