Apresentação do terceiro volume do livro “Patologia Músculo-esquelética para médicos de família”

Dirigido a especialistas em Medicina Geral e Familiar (MGF) vai ser lançado, no dia 25 de maio, o terceiro volume do livro Patologia Músculo-esquelética para médicos de família. À semelhança dos dois volumes anteriores, este livro tem como principal objetivo capacitar a Medicina Geral e Familiar da melhor forma para lidar com estes doentes, sendo, a terceira edição dedicada à secção do membro superior.

Rui Vaz, fisiatra no Serviço de Medicina Física e de Reabilitação do Hospital da Senhora da Oliveira, em Guimarães, e impulsionador deste projeto, destaca a “inovação neste terceiro volume – continua a ser feito por médicos de família, mas decidimos incluir internos de todo o país e não só do ACeS do Alto Ave, e também das restantes especialidades, às quais se somou a Reumatologia”. “Outra característica diferenciadora das primeiras edições prende-se com o facto de este ser focado na patologia músculo-esquelética referente ao membro superior. E o intuito é que cada nova edição seja dedicada a um segmento distinto”, acrescenta.

As doenças do foro musculoesquelético têm um peso bastante significativo nas consultas de MGF, “mais de metade dos nossos doentes têm patologia do foro musculoesquelético. Raros são os doentes, sobretudo nas faixas etárias mais avançadas, que não tenham alguma queixa muscular, de uma articulação ou relacionada com a sua coluna vertebral. Portanto, é uma patologia muitíssimo frequente na nossa prática clínica, que merece toda a nossa atenção”, afirma Nuno Jacinto, presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF), a propósito da importância da existência deste livro.

Para Bárbara Moreira da Cruz, diretora do Serviço de Medicina Física e de Reabilitação do Hospital da Senhora da Oliveira Guimarães, estes livros são um importante contributo para a sensibilização dos médicos de família para esta patologia, sendo que, “os próprios colegas de MGF vão-nos propondo quais os temas que gostava que constassem nestes manuais. Não se trata de um livro da MFR para a MGF, mas sim um livro de integração de cuidados. Ou seja, foi pensado com base nas dúvidas e desafios principais que a MGF sente neste contexto”. “Julgo que estes livros são úteis para os médicos de família e que conseguem identificar mais prontamente a informação que necessitam, conseguindo assim aconselhar os doentes da melhor forma”, conclui.

Dado o atual contexto de pandemia, o lançamento do novo livro – que conta com o apoio da Tecnifar – vai decorrer em formato digital, numa plataforma criada para o efeito. “Devido à pandemia o evento será digital, mas esta é uma oportunidade de médicos de todo o país poderem assistir. O lançamento vai contar com a participação de um painel de palestrantes aos quais poderão colocar questões no final, o que poderá levar a um debate rico e interessante”, destaca o coordenador do projeto, Rui Vaz.

Este volume, tal como os anteriores, será entregue gratuitamente pela Tecnifar a todos os médicos de família do país.

Para inscrições/mais informações aceda aqui.


MORADA:

Rua Hermínia Silva nº 8 LJ A, Jardim da Amoreira
2620-535 Ramada

geral@raiox.pt