Dia Internacional da Criança com Cancro: “o cancro pediátrico é muitas vezes esquecido”

Hoje, dia 15 de fevereiro, assinala-se o Dia Internacional da Criança com cancro. A Fundação Rui Osório de Castro está desde sempre focada na área da Oncologia Pediátrica de forma a apoiar as famílias, informar e financiar projetos de pesquisa que permitam o progresso e levem a cabo um salto qualitativo na luta contra o cancro que possibilite salvar vidas. Face a isto, a Fundação, celebra este dia com “uma mensagem positiva acerca do progresso a nível legislativo na área da Oncologia Pediátrica em Portugal” frisa Cristina Potier, Diretora Geral da Fundação.

Apesar dos grandes avanços ao nível do diagnóstico e tratamento, a doença oncológica continua a ser a primeira causa de morte, não acidental, na população infantojuvenil. Em Portugal, anualmente, cerca de 400 crianças e jovens são diagnosticados com cancro, reproduzindo-se em 400 famílias confrontadas com esta realidade. No entanto, “Por representar apenas 1% do total de casos registados da doença oncológica nacional, o cancro pediátrico é muitas vezes esquecido” relata Cristina Potier.

No ano de 2017 foi notável uma preocupação acrescida com o tema da Oncologia-infantil, que foi, por diversas vezes, debatido nas sessões da Assembleia da República, representando assim “esperança para todos os que trabalham nesta área” continua. Das inúmeras medidas debatidas, Cristina Potier destaca o Decreto-Lei 53/2017 que cria e regula o registo oncológico nacional, onde se inclui o pediátrico. “A aplicação desta norma permite-nos obter dados atempados e com qualidade do que é a realidade da Oncologia Pediátrica em Portugal.” Na sequência desses debates, foram também divulgadas múltiplas resoluções da Assembleia da República provenientes das recomendações ao governo para tomada de medidas normativas na área da Oncologia Pediátrica. “Estas visam cuidados prestados na área e também, através de  apoios diversos, facilitar esta fase da vida destas crianças e das suas famílias” continua a Diretora Geral da Fundação,“Acreditamos que este ano estas medidas vão ser colocadas em prática!” conclui .

No âmbito da discussão de temas referentes ao cancro nas crianças, a Fundação Rui Osório de Castro organiza no próximo dia 24 de fevereiro, o 4º Seminário de Oncologia Pediátrica no Hospital Pediátrico de Coimbra. A participação é gratuita, mas carece de inscrição obrigatória, podendo ser feita através do seguinte link https://goo.gl/forms/QPRjcDQRiIytSrCk1.

Por Rita Rodrigues


MORADA:

Rua Hermínia Silva nº 8 LJ A, Jardim da Amoreira
2620-535 Ramada

geral@raiox.pt