Funchal recebe encontro internacional de debate sobre o papel e o futuro da TeleSaúde

Começa hoje o II Fórum Telesalut@ da Sociedade Ibérica de Telemedicina e Telesaúde (SITT), em paralelo com a 4ª Jornada Luso-Brasileira de Telemedicina e Telesaúde e o I Encontro Regional de Telesaúde da RAM, no Hotel Meliá Madeira Mare, na cidade do Funchal. O evento engloba temas como a importância da Telesaúde como ferramenta de apoio ao SNS, teleassistência e telepatologia. 

Manuel Sobrinho-Simões, médico patologista, irá falar sobre a importância da utilização virtuosa da patologia digital, num contexto onde existe um défice de médicos especialistas em anatomia patológica. Adicionalmente ao tema da Telepatologia (diagnóstico patológico por vias digitais), serão retratados temas como a Teleassistência (monitorização de doentes e consultas à distância), a implementação da Telesaúde e Telemedicina nas regiões autónomas, e o papel da Administração Central dos Sistemas de Saúde (ACSS) na Telesaúde, entre outros.

Segundo o presidente da SITT, Luís Gonçalves “é fundamental despertar o interesse de todos os profissionais de saúde – médicos, enfermeiros, farmacêuticos, técnicos, entre outros – para a Telesaúde, uma vez que no futuro este será um serviço integrante do SNS, que irá permitir melhorar a acessibilidade das pessoas à saúde, ao longo da sua vida”.

Com a organização deste evento, a SITT, com a colaboração da Ordem dos Enfermeiros da Região Autónoma da Madeira (RAM) e da Secretaria Regional da Saúde da RAM pretende divulgar a Telesaúde enquanto ferramenta importante para ajudar a saúde em geral e o Sistema Nacional de Saúde (SNS) a dar resposta aos utentes, ajudar a implementar a Telesaúde e Telemedicina na Região Autónoma da Madeira e cativar os profissionais de saúde nas áreas da Telesaúde. São esperados 180 profissionais de saúde.


MORADA:

Rua Hermínia Silva nº 8 LJ A, Jardim da Amoreira
2620-535 Ramada

geral@raiox.pt