Poupar sangue para situações realmente necessárias

O Raio-X, em parceria com a Associação Portuguesa de Imuno-Hemoterapia e com o apoio da Vifor Pharma, recolheu, ao longo das últimas semanas, vários testemunhos sobre a utilização do sangue nas unidades de cuidados de saúde em Portugal e sobre a quebra nos stocks de sangue nos nossos hospitais neste período de pandemia. Devido a fatores como o envelhecimento da população, atualmente há mais pessoas a precisar de sangue e menos dádivas. Neste sentido, Diana Mendes, diretora do Serviço de Sangue e Medicina Transfusional do Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca, alerta para a questão de “a mel­hor transfusão é aquela que não é dada” e fala das alternativas à trans­fusão e dos benefícios de uma melhor gestão sangue para os doentes.

Assista a toda a entrevista em vídeo:


MORADA:

Rua Hermínia Silva nº 8 LJ A, Jardim da Amoreira
2620-535 Ramada

geral@raiox.pt