Projeto de fundraising dá continuidade à Academia Móvel da Cruz Vermelha Portuguesa

Um projeto de fundraising, promovido pela Associação aTTitude, vai permitir, este ano, o funcionamento da Academia Móvel – Informática + Perto, uma parceria da Delegação da Costa do Estoril da Cruz Vermelha com a Câmara Municipal de Cascais. Esta unidade móvel foi criada há seis anos com o objetivo de facilitar o acesso da população sénior às novas tecnologias de informação e comunicação.

“Este ano não tínhamos condições para dar continuidade ao programa porque o material informático estava obsoleto”, avançou Manuela Filipe, Presidente da Delegação Costa do Estoril da Cruz Vermelha Portuguesa. Neste sentido, mostrou-se “muito satisfeita” pois, desta forma, será possível “revitalizar o projeto e continuar a colmatar as necessidades da população sénior, proporcionando-lhes novas formas de convivência e sociabilização”.

O projeto de fundraising, que contou com o apoio da Worten, reuniu 24 equipamentos informáticos, entre computadores, impressoras e data shows, que permitirão manter a Academia sobre rodas, fazendo chegar a literacia digital aos lares de idosos e centros de dia do município de Cascais. Manuela Filipe sublinhou que, “apesar da idade, os nossos idosos podem-se manter ativos e enquadrados no mundo digital”.

Desta forma, será possível “revitalizar o projeto e continuar a colmatar as necessidades da população sénior, proporcionando-lhes novas formas de convivência e sociabilização”, Manuela Filipe, da Delegação Costa do Estoril da CVP

Por sua vez, Bibi Sattar, presidente da aTTitude, realça que “é cada vez mais importante o acesso às tecnologias da comunicação e da informação nestas populações, pois contribui para a melhoria da sua qualidade de vida, não só porque possibilita a aquisição de conhecimentos sobre diferentes matérias mas, sobretudo, porque permite o contacto com o mundo exterior, nomeadamente familiares”. Neste sentido, a presidente da aTTitude assume ter ficado “sensibilizada” com a possibilidade de suspensão do programa da Academia Móvel. “Achámos que a causa era muito premente e, por isso, começámos a desenvolver esforços junto dos nossos parceiros para adquirir o material adequado ao objetivo do programa”, explicou.

E, acrescentou, “o lema da atitude é desafiar vontades e potenciar esforços. Neste caso, com o contributo de todos, conseguimos atingir a meta proposta: a Academia Móvel vai estar em movimento novamente este ano”.

“Achámos que a causa era muito premente e, por isso, começámos a desenvolver esforços junto dos nossos parceiros para adquirir o material adequado ao objetivo do programa”, Bibi Sattar, presidente da aTTitude.

A entrega do equipamento teve lugar ontem entre as 15h e as 17h na Delegação da Costa do Estoril da Cruz Vermelha e contou com a presença de Manuela Filipe, presidente da Delegação; Luís Névoa, diretor-geral da Cruz Vermelha Portuguesa; Frederico Almeida, vereador da Câmara Municipal de Cascais do Pelouro da Ação Social; Miguel Arroba, Diretor Municipal Câmara de Cascais; Vítor de Sousa, ator e embaixador da aTTitude; Irina Lopes, Diretora de comunicação e marketing, aTTitude, IPSS; e Bibi Sattar, presidente desta Associação.

IMG_2843[4]

Da esquerda para a direita: Miguel Arroba, Frederico Almeida, Manuela Filipe, Bibi Sattar, Irina Lopes, Vitor de Sousa, Luis Névoa

Quanto a projetos futuros, Manuela Filipe avançou que será lançada uma nova edição da Academia no início de outubro, dirigida a alunos mais experientes. “Será para todos os que já completaram o primeiro nível, de iniciantes, de forma a poderem desenvolver outras competências não adquiridas”, relevou.

Patrícia Rebelo


MORADA:

Rua Hermínia Silva nº 8 LJ A, Jardim da Amoreira
2620-535 Ramada

geral@raiox.pt