«Saúde Mais Próxima» promove rastreio e aconselhamento na área da neuropatia

Durante 7 dias foram mais de 250 as pessoas que aderiram ao rastreio da neuropatia, realizado pela equipa de profissionais da Saúde Mais Próxima que sinalizou e reencaminhou para o médico de família 32 pessoas, cujos exames revelaram um número significativo de sintomas associados à neuropatia.

A iniciativa, que contou com apoio da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar, levou a cabo um conjunto de ações de rastreio em cinco bairros municipais e históricos. Além da avaliação de hábitos para um estilo de vida saudável e de um check-up geral que inclui aspetos como a glicemia e o índice de massa corporal (IMC), foram realizados testes neurológicos básicos que permitem avaliar as alterações neurológicas que se manifestam através de sinais e sintomas de neuropatia, como formigueiro, ardor ou sensação de queimadura, dormência, sensação de picadas e fraqueza muscular.

Como explica Jorge Brandão, médico de medicina geral e familiar e Vice-presidente da APMGF, «a Neuropatia corresponde a um quadro de lesões nos nervos motores, sensoriais e/ou autónomos que afetam diferentes fibras nervosas. Ocorre quando há lesão no sistema nervoso periférico, como nos nervos dos braços e das pernas, o que conduz a um quadro sintomático desconfortável e perturbador da qualidade de vida dos doentes».

A Neuropatia é uma doença cuja prevalência aponta para cerca de 8% da população em geral, mas a frequência pode ultrapassar os 50% em pessoas idosas, com diabetes e alcoólicos. «Sabe-se que 50% das pessoas podem estar em risco de desenvolver Neuropatia com o passar dos anos e 1 em cada 3 pessoas poderá evoluir para um quadro debilitante. É importante que as pessoas, em especial os grupos de risco, reconheçam os sintomas e procurem identifica-los junto do seu médico, de modo a travar ou controlar a doença», esclarece Jorge Brandão.

Sobre o funcionamento da unidade de saúde, Noémia Silveiro, Diretora do Núcleo Saúde Mais Próxima esclarece que “mais do que avaliar a saúde de cada um, a Saúde mais Próxima aposta numa forte componente de apoio social, reencaminhando as pessoas para as várias unidades de saúde e fazendo o acompanhamento das mesmas, com o objetivo de garantir que é dada uma resposta”.


MORADA:

Rua Hermínia Silva nº 8 LJ A, Jardim da Amoreira
2620-535 Ramada

geral@raiox.pt