Sociedade Portuguesa de Pneumologia revela dados sobre hábitos tabágicos e saúde mental durante segundo isolamento

Como forma de assinalar o Dia Mundial sem Tabaco, a 31 de maio, a Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) divulga os resultados de um inquérito realizado online e que pretendeu aferir quais os hábitos tabágicos dos portugueses durante o segundo confinamento.

Já após o primeiro confinamento, entre maio e julho de 2020, a SPP realizou um primeiro questionário sobre este mesmo tema (e que obteve 1008 respostas) tendo, este ano, entre os meses de abril e maio, lançado um novo inquérito online (que obteve 1232 respostas) com o mesmo intuito de avaliar o impacto da pandemia e do isolamento social no consumo de produtos de tabaco, mas considerando também as consequências deste período na saúde mental.

Os dados obtidos este ano, e a comparação com os do ano anterior, serão apresentados hoje, pelas 21h00, num webinar com o tema “Tabagismo e Saúde Mental – retrato de uma pandemia” e que vai decorrer sob moderação de António Morais, presidente da SPP, e Paula Rosa, coordenadora da Comissão de Trabalho de Tabagismo da SPP e onde vão participar o pneumologista José Pedro Boléo-Tomé e o psiquiatra Gustavo Jesus.

Paula Rosa destaca, fazendo uma breve antevisão dos resultados, que “apesar da amostra não ser representativa da população, os grupos são homogéneos entre si e, no último inquérito, houve mais fumadores a referir aumento do consumo – provavelmente refletindo o impacto de um confinamento tão prolongado sobre a saúde mental e também a diminuição do número de consultas de apoio ao fumador que se verificou durante este período”.

A sessão decorre hoje, dia 31 de maio, pelas 21h00, e pode ser assistida no Facebook da SPP ou através da plataforma https://pneumologia-elearnings.pt/

 


MORADA:

Rua Hermínia Silva nº 8 LJ A, Jardim da Amoreira
2620-535 Ramada

geral@raiox.pt