Merck assinala 20 anos de interferão beta-1a no tratamento da esclerose múltipla

esclerose_multipla-1200x400

Foi há 20 anos o lançamento de interferão beta-1a que representou uma inovação no tratamento da esclerose múltipla. Para assinalar esta data, hoje, 30 de novembro, pelas 18h30, a Merck volta onde tudo começou, o Oceanário de Lisboa.

Em 1998, o fármaco recebeu a aprovação da Agência Europeia do Medicamento (EMA) e em janeiro de 1999 iniciou-se a comercialização em Portugal, o que representou uma forte inovação terapêutica, num panorama onde os doentes tinham uma esperança da vida ativa reduzida.

Para assinalar este momento será lançado um livro que compila 20 entrevistas com personalidades que estiveram envolvidas no desenvolvimento do produto, desde há 20 anos e até aos dias de hoje, como é o caso do professor José Aranda da Silva, de Maria de Belém Roseira e Odete Isabel, bem como profissionais de saúde de excelência e representantes dos doentes.

Segundo Pedro Moura, Managing Director da Merck Portugal, “Com o Rebif a Merck iniciou o seu caminho na área da EM e desde então nasceu o nosso compromisso para com os doentes de esclerose múltipla: trazer inovação e novas soluções que permitam suprir as necessidades terapêuticas dos doentes.”

logobranco

MORADA:

Rua Hermínia Silva nº 8 LJ A, Jardim da Amoreira
2620-535 Ramada

geral@raiox.pt