Sanofi lança site sobre TEV

A Sanofi anunciou oficialmente o lançamento do novo site PrevenirTEV, uma plataforma que informa, sensibiliza e consciencializa a população sobre o que é o Tromboembolismo Venoso.3603

O Tromboembolismo Venoso (TEV) resulta da formação de coágulos de sangue nas veias, que bloqueiam o fluxo de sangue nos territórios afetados. O TEV refere-se sobretudo a duas entidades, a Trombose Venosa Profunda (TVP) e a Embolia Pulmonar (EP), patologias de elevada gravidade, que constituem a terceira causa de morte cardiovascular no mundo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS).

“Conhecer os sintomas, as medidas de prevenção e as opcões terapeuticas disponíveis,pode fazer a diferença numa patologia muitas vezes fatal. O site, que está agora mais intuitivo e apelativo, serve como apoio determinante ao trabalho desenvolvido pelos profissionais de saúde na comunicação à população”, afirma João Pacheco Pereira, especialista em Medicina Interna no Hospital Beatriz Ângelo e membro do Grupo de Estudos de Cancro e Trombose, médico com experiência nesta área.

Uma das grandes novidades da plataforma são os vídeos com pouco mais de dois minutos, onde é possível aprender a administrar de forma simples as Heparinas de Baixo Peso Molecular (HBPM) considerando diferentes situações e circunstâncias, como por exemplo na gravidez e na doença oncológica. As HBPM são medicamentos anticoagulantes de uso injetável utilizados para impedir que o trombo formado progrida, se fragmente e se espalhe pela corrente sanguínea, assim como evitar a recorrência destes eventos.

Também disponível no PrevenirTEV está uma brochura que ensina, em oito passos, a administrar HBPM de forma simples. Nesta inclui-se uma tabela de controlo de administrações que poderá ser impressa e preenchida com as horas, dia e lado da cintura (direito ou esquerdo) em que cada uma foi administrada, para uma mais fácil organização e orientação pessoal.

Os eventos tromboembólicos são a segunda causa de morte nos doentes oncológicos. Na Europa e nos EUA, o TEV mata mais pessoas que a SIDA, cancro da mama, cancro da próstata e acidentes de viação. Apesar dos altos índices de mortalidade associados, grande parte da população desconhece os problemas relacionados com esta patologia, (por vezes, silenciosa).


MORADA:

Rua Hermínia Silva nº 8 LJ A, Jardim da Amoreira
2620-535 Ramada

geral@raiox.pt